Home » Coluna » O PAÍS QUE NÃO HONRA OS ILUSTRES BARBOSAS!

O PAÍS QUE NÃO HONRA OS ILUSTRES BARBOSAS!

Pastor Cloves Azevedo
Coluna do Pastor Cloves Azevedo

Rui Barbosa, grande estadista, jurista, escritor, político, o “Aguia de Haia” do Brasil. Joaquim Barbosa, jurista, procurador da República, Ministro do Supremo Tribunal Federal.
Separados por mais de um século de existência, além das profissões que exerceram, estes dois grandes brasileiros destacam-se entre os homens mais influentes do mundo nas suas gerações pela grande contribuição com os valores da ética na vida pública, deixando um grande legado para as futuras gerações, embora o Joaquim esteja vivo e o Rui, embora morto ainda seja o brasileiro que extrapola a todos na abrangência, na relevância, na inteligência e no impacto da sua influencia na história da República Brasileira muito além das fronteiras nacionais.
Nestes dias de escuridão e de corrupção generalizada, deveríamos lembrar muito mais e refletir com a devida seriedade um dos grandes pronunciamentos de Rui Barbosa:
“De tanto ver crescer a nulidade, de tanto ver prosperar a desonra, de ver crescer a injustiça, tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”. Parece até que Rui Barbosa disse isso lendo os jornais e revistas nacionais em setembro de 2014. No entanto suas palavras foram pronunciadas no Senado Federal no dia 27/12/1914!
Duro é assistir tantos cúmplices da corrupção vergonhosa da nossa nação, portarem-se como exemplos de honestidade e defensores dos pobres da nação!

Sobre Lucas Souza Publicidade

Lucas Souza Publicidade
Jornalista e Blogueiro.

Verificar também

João Dourado: Feira livre será nessa sexta-feira (23/06/17).

A Prefeitura de João Dourado comunica aos comerciantes, barraqueiros, feirantes e a população em geral …