Home » Cidades » Comunidades se mobilizam pela educação.

Comunidades se mobilizam pela educação.

Comunidades se mobilizam pela educação./Miriam Hermesl Sucursal Barreiras  (A Tarde)
Comunidades se mobilizam pela educação./Miriam Hermesl Sucursal Barreiras (A Tarde)

Com caminhadas, panfletagens e outros meios de mobilização popular, 16 municípios baianos deram continuidade ao trabalho iniciado há mais de 15 anos pela melhoria da qualidade da educação. Eventos ocorreram, neste sábado, 8, na Chapada Diamantina.

Segundo a programação, nos próximos quatro meses, os debates acerca de todos aspectos que envolvem a educação estarão em pauta nestes municípios, cobrando empenho real dos gestores com a participação das respectivas comunidades.

A iniciativa é do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (Icep) e faz parte do projeto Mobiliza pela Educação por meio das Comissões de Avaliação das Ações dos Fóruns de Educação (CAAFEs) formadas por membros voluntários de cada cidade.

“Essas comissões têm representantes de diversos segmentos preocupados em ajudar na melhoria do processo e não apenas em apontar erros. Queremos e devemos ser os transformadores da história”, disse Deborah Arcanjo, articuladora do Projeto Mobiliza do Icep e educadora em Piritiba.

Ela destacou que, previamente, as 16 cidades realizaram encontros. “Cada lugar elegeu um assunto de maior interesse na sua comunidade, como a realização de concursos públicos, construção de creches e escolas, espaços esportivos dentre outros, sempre visando a qualidade no aprendizado e na formação dos cidadãos”.

Ainda segundo a educadora, em Piritiba, o assunto principal foi a merenda escolar. “Estamos na briga para garantir diversidade e qualidade na merenda oferecida aos alunos. Contamos aqui, como nos outros 15 municípios, com a participação das secretarias de educação, alunos, pais e segmentos representativos da comunidade”, asseverou.

“A proposta principal em todos os municípios é envolver não só a comunidade escolar, mas que toda a sociedade tenha um papel mais ativo e efetivo neste processo”, disse o educador Reinaldo Vieira, salientando que “este trabalho é independente politicamente e acompanha as promessas de campanha, cobrando que sejam concretizadas”.

Os municípios que participaram da mobilização esta semana foram: Marcionílio Souza, Tapiramutá, Ibitiara, Novo Horizonte, Piritiba, Piatã, Iraquara, América Dourada, Boa Vista do Tupim, Itaetê, Seabra, Andaraí, Xique-Xique, Souto Soares, Cafarnaum e Aramari (este último, município do semiárido baiano).

Instituição
O Icep prioriza o trabalho com a formação continuada dos educadores, a mobilização social da educação e a produção de conhecimento. Formado, inicialmente, por educadores da região da Chapada Diamantina, atualmente tem atuação em diversas outras regiões como o semiárido no Vale do São Francisco.

Os principais objetivos da iniciativa são os projetos Chapada; Educação Infantil; Conviva e Mobiliza Pela educação, além do programa Via Escola.

O trabalho do Icep tem o reconhecimento de entidades engajadas no crescimento social no Brasil e na América Latina, além de já ter sido contemplado com diversos prêmios.

Dentre eles o Cepsa ao valor Social, em 2014, e o prêmio Empreendedor Social 2012. O primeiro foi Prêmio Experiências em Inovação Social recebido em 2006.

Sobre Lucas Souza Publicidade

Lucas Souza Publicidade

Jornalista e Blogueiro.
Diretor do site que mais cresce na Bahia.

Verificar também

João Dourado: Vereadores parabenizam o Prefeito pela realização do “mutirão da Limpeza”. #redelsp

Na manhã da ultima quarta-feira, 06 de dezembro durante sessão ordinária, vereadores parabenizaram a gestão …