Home » Concursos » IBGE: Possibilidade de até 900 contratações no novo concurso, já autorizado.

IBGE: Possibilidade de até 900 contratações no novo concurso, já autorizado.

IBGE: Possibilidade de até 900 contratações no novo concurso, já autorizado.
IBGE: Possibilidade de até 900 contratações no novo concurso, já autorizado.

Um dos fatores que faz o candidato escolher um concurso para participar é a possibilidade de contratação, levando em consideração não apenas a oferta de vagas imediatas, mas também as convocações extras, que aumentam as chances de conquistar a sonhada vaga na carreira pública. E quem deseja estar, pelo menos, no cadastro de reserva de um órgão que faz muitas convocações extras deve atentar para o concurso que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prepara, com 600 vagas em cargos dos níveis médio e superior.

É que, levando em consideração o último concurso da fundação, em 2013, e a grande necessidade de pessoal do IBGE, que vê seu quadro envelhecido e com mais de 5 mil temporários ocupando o lugar de efetivos, é grande a perspectiva de que ocorra muitas contratações. Segundo projeção, levando em conta a última seleção, o IBGE, caso solicite novamente o adicional de 50%, contrataria 900 aprovados neste novo concurso, sendo 690 técnicos, 135 analistas e 75 tecnologistas. Ou seja, é possível a realização de até 300 contratações extras.

Hoje, a fundação tem aprovação para contratar 600, sendo 460 técnicos em informações geográficas e estatísticas, 90 analistas de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e 50 tecnologistas. No entanto, a solicitação do adicional de 50% é inevitável, conforme disse o diretor da Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE-SN), Nelson Thomé. “Temos 5.800 temporários, e precisamos de efetivos para substituí-los. Por isso, muito provavelmente o IBGE solicitará o adicional de 50% das vagas, assim como fez no último concurso.”

Em 2013, o instituto esgotou o cadastro de reserva, com o adicional de 50%, antes mesmo de o prazo de validade expirar. Segundo informações do IBGE, apesar de o edital trazer 420 vagas, foram contratados 630 aprovados, sendo 450 técnicos, 90 analistas, 90 tecnologistas. No caso do técnico, foram oferecidas 300 vagas e para analista, 60, mesmo quantitativo dos tecnologistas. Para todos, houve a aprovação do adicional de 50%.

Preparativos – O IBGE já informou que tem pressa na realização do novo concurso, e que pretende publicar o edital o mais rápido possível. No momento, está em estudo a distribuição das vagas pelo país e, após isso, iniciará a elaboração do projeto básico, que será entregue às instituições interessadas em organizar a seleção. Apesar de não precisar uma data exata para o edital, o diretor-executivo, Fernando Abrantes, informou à ASSIBGE-SN que as provas serão aplicadas no último trimestre deste ano. O edital, segundo a portaria de autorização, precisa ser publicado até 27 de janeiro de 2016, prazo que será encurtado.

O cargo de técnico exige o nível médio e tem remuneração inicial de R$3.471,85, podendo chegar a até R$5.011,01, com titulação. As funções de analista e tecnologista são destinadas a graduados em áreas ainda não divulgadas e tem rendimento de R$7.373,49, chegando a até R$9.107,88, também com a titulação. As vagas de técnico serão distribuídas pelas unidades do IBGE em todo o país, em locais não contemplados no concurso de 2013, o que torna a capital fluminense cotada para ter vagas. Já analistas e tecnologistas serão lotados, em sua maioria, no Rio, onde está a sede do IBGE.

Fonte: Folha Dirigida

Sobre Lucas Souza Publicidade

Lucas Souza Publicidade

Jornalista e Blogueiro.
Diretor do site que mais cresce na Bahia.

Verificar também

João Dourado: Vereadores parabenizam o Prefeito pela realização do “mutirão da Limpeza”. #redelsp

Na manhã da ultima quarta-feira, 06 de dezembro durante sessão ordinária, vereadores parabenizaram a gestão …