Home » Coluna » OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO NOS TEMPOS MODERNOS

OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO NOS TEMPOS MODERNOS

O processo ensino aprendizagem acontece de forma sistemática, ordenada e progressiva, iniciando com o desenvolvimento da habilidade de consciência fonológica até chegar à leitura de pequenos textos e a escrita organizada com as convenções ortográficas definidas nas produções textuais de gêneros variados. No entanto, a educação escolar vai além dos muros da Escola, ela exige Politicas Públicas que permitam mudanças nas principais rotinas em sala de aula. Essas políticas precisam existir desde as aulas expositivas, explicativas até as experiências fora do contexto escolar e o uso de tecnologias, na busca de amenizar o fracasso escolar nos últimos tempos.

 

Esse processo determina práticas pedagógicas que estimulam a aquisição de saberes por meio do fenômeno do registro automático de memória através de atividades que envolva a participação do aluno na construção desse conhecimento. Nessa abordagem, os desafios são imensos começando pelo financiamento educacional, descrito na Constituição Federal (1988) e na Lei de Diretrizes e Bases 9394/96, na qual se caracterizam pelo conjunto de aptidões e responsabilidades na aplicação dos recursos destinados aos distintos níveis educacionais existentes no Brasil em suas diferentes esferas.

Isso porque o recurso é feito com base no número de alunos matriculados na Educação Básica pública, presencial, de acordo com dados do último Censo Escolar. Ou seja, os Municípios receberão os recursos do FUNDEB com base no número de alunos da educação infantil e do ensino fundamental I e II. Porém, quando as matrículas do ano vigente vão além dos valores estimados, o município sofre as consequências do déficit desse recurso para manter a folha de pagamento em dias dos profissionais da Educação, a manutenção e o desenvolvimento do ensino e a garantia de uma educação de qualidade, além disso, precisa-se de planejamento, conhecimento do processo orçamentário e sua execução, analisando a responsabilidade para garantia do acesso e a gratuidade da educação como um direito à cidadania.

Os desafios referentes à repetência, a distorção idade/série, a qual continua um dos grandes fatores da educação nos tempos modernos. Tais problemas podem estar relacionados à baixa qualidade no processo de ensinar. Aulas monótonas com pouca criatividade num contexto global de estímulos variantes. Essas aulas deveriam ser no mínimo atraentes explorando bem o assunto contextualizando com aulas práticas e movimentos, em que possam relacionar conhecimentos com aulas ao ar livre.

Ademais, é bom lembrar segundo Içami Tibas que:

Educar implica ensinar a criança com liberdade, o qual comporta respeitar ao próximo;

Regras e limites são pilares fundamentais para a educação de toda e qualquer criança;

Estimular a aprendizagem dos educandos em salas (SAT) Sala Ambiente Temático;

Envolver a família no processo educativo, prestando-lhes apoio e orientação;

Desenvolver atividades esportivas, em prol do desenvolvimento, físico, psíquico e social do educando;

Possibilitar ao educando seu autoconhecimento, a fim de que ele desenvolva sua autoimagem.

Isso implica, mudanças na gestão, organização e planejamento na administração pessoal e estrutural escolar no âmbito federal, estadual ou municipal. Precisa-se de: Politicas públicas voltadas para a formação qualificada teórico prático do professor em sala de aula; aquisição de conhecimentos básicos  na formação de habilidades cognitivas de qualidade aos nossos alunos; erradicação da violência com inclusão dos mesmos em práticas esportivas educativas e profissionais; ampliação de valores com apoio dos lideres religiosos e equidade na busca de combater a desigualdade social. Por que educar é mediar o aprendiz ao desenvolvimento de capacidades e habilidades intelectuais e mentais, através do pensamento crítico, criativo e reflexivo num processo de ampliação de saberes, integrando aos mais altos níveis do conhecimento causando lhe transformação.

 

 

Sobre Evania

Evania Araujo de Siqueira

EVANIA ARAÚJO DE SIQUEIRA, natural de Trunfo PE, Licenciada em Pedagogia pela FAEL, com Especialização em Psicopedagogia Clínica/Institucional pela Faculdade Evangélica Liber Goiais. Professora Concursada no Município de João Dourado Ba. Atualmente é Coordenadora de Educação Inclusiva neste município, cujo tema é educar para todos e para casa um observando sempre suas necessidades e anseios em diferentes situações.

Verificar também

A Petrobras afunda junto com o Brasil !

  Segundo Valor Econômico de hoje, 04/10/2017, postado às 5:00 h, numa reportagem creditada à …