Home » Demo Blog With Map

Demo Blog With Map

Polícia Militar apreende droga em Irecê/BA.

 

😎paah

 

Na noite desta quarta-feira (20), por volta das 20h, em rondas realizadas no bairro Loteamento Félix, em Irecê/BA, uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), suspeitou de uma dupla que estava numa motocicleta Yamaha Factor, placa PKH-3704. As informações são da Polícia Militar.

 

A PM divulgou em nota que ao fazer a interceptação, Paulo Gomes Pereira, que no momento estava sem documentos, foi flagrado de posse de aproximadamente 656 gramas de maconha, o qual foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil juntamente com Walisson Eduardo Silva Pereira, 25 anos (mototaxista), bem como todo material apreendido.

 

O mototaxista foi interrogado pela autoridade policial e na sequência liberado. Já Paulo Gomes, segundo a Polícia Civil, foi autuado por tráfico.

Utinga: Apreensão de drogas.

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA

Ocorrência: Apreensão de drogas

Por volta das 19h15 do dia 20 de setembro de 2017, guarnição da Rondesp Chapada, a bordo da viatura R0046, patrulhava na rodovia que liga Utinga a Bonito quando foi interpelada por pescadores, os quais afirmaram que nas proximidades existiam pés de uma planta que aparentava ser maconha, sendo cultivadas à beira do rio Utinga. Diante das informações, a guarnição deslocou ao local mencionado, no qual foram encontrados os seguintes objetos:

▪14 (quatorze) pés grandes de erva aparentando ser maconha
▪50 (cinquenta) mudas de erva aparentando ser maconha

Salienta-se que foi feita varredura no local e não foi encontrando nenhum indivíduo responsável pela plantação. Dessa forma, os objetos apreendidos foram apresentados na delegacia territorial de Utinga sendo formalizará a ocorrência sob número 423/2017.

Rondesp Chapada realiza instrução do 1º Treinamento em Emprego Tático Operacional para policiais pertencentes ao 11º Batalhão de Polícia Militar

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA

Rondesp Chapada realiza instrução do 1º Treinamento em Emprego Tático Operacional para policiais pertencentes ao 11º Batalhão de Polícia Militar – Itaberaba

Rondesp Chapada realiza instrução do 1º Treinamento em Emprego Tático Operacional para policiais pertencentes ao 11º Batalhão de Polícia Militar
Rondesp Chapada realiza instrução do 1º Treinamento em Emprego Tático Operacional para policiais pertencentes ao 11º Batalhão de Polícia Militar

Em cumprimento às diretrizes do Comando do Policiamento da Região da Chapada, a Companhia Independente de Policiamento Tático – Chapada, iniciou no dia 11 de setembro de 2017 com término previsto para o dia 21 de setembro de 2017, as instruções da 2ª turma do 1º Treinamento em Emprego Tático Operacional, tendo como público alvo 36 (trinta e seis) policiais militares integrantes do 11º Batalhão de Polícia Militar – Itaberaba. O treinamento que foi idealizado através da ideia de treinar, operar e instruir tem como principal objetivo alinhar os procedimentos técnicos a serem executados pelas companhias e pelotões de emprego tático operacional das unidades pertencentes ao orgânico do CPR-Chp, sendo ministradas instruções de diversas atividades como: Instrução Tática Individual, Patrulha Policial Urbana, Abordagem Policial, Gerenciamento de Crises (Primeira Intervenção), Primeiras Respostas em Ocorrências com Bombas e Explosivos, Tiro Tático Policial.

“Que o mal sucumba para sempre diante de nós.”

Não se governa uma democracia com a força das armas.

Em toda e qualquer sociedade quando um grupo específico que forma o seu corpo social coordena o governo, os resultados são desastrosos, e essa mesma sociedade passa a ser um regime de exceção, simplesmente porque quem governa deixa de ser governo para todos e passa a ser o governo de um grupo específico de interesses.

Esses governos nascem da existência de crises políticas e distúrbios institucionais, e como sempre se comprovou historicamente eles não servem para nenhuma sociedade, exatamente porque a sociedade é formada por muitos outros grupos de interesses, que podem naturalmente quando se mobilizar politicamente serem eliminados pelo grupo que governa, principalmente quando o grupo governante tem a força das armas.

O caso mais emblemático e conhecido em nossa sociedade foi o governo da ditadura militar de 21 anos, que transformou o país exatamente num regime político de exceção, porque quando um determinado setor da sociedade não concordou com as posturas políticas dos militares foram exterminados pelo uso da força das armas.

Nesse sentido, como estamos vivendo uma espécie de regime brando de exceção, quase que uma ditadura porque o governo não tem apoio da população, a crise política e os distúrbios institucionais atingiram os limites daquilo que pode ser tolerado numa sociedade, e assim uma luz amarela se acendeu. Principalmente quando vemos um general do Exército Brasileiro assumir um discurso de que pode haver intervenção militar no Brasil.

Como o general Antonio Mourão afirmou de que se o judiciário brasileiro não resolver o problema da crise política do país o Alto Comando do Exército pode intervir politicamente (mesmo que a resposta do próprio Exército chegou em conta), é bom que as instituições sérias desse país que não estão no olho do furação da própria crise criada por outras instituições, façam um debate na sociedade, porque tudo o que o país não precisa nesse momento é um novo regime de exceção pautado na força das armas de apenas um grupo de interesses.

O discurso do general mesmo que rechaçado pelo Alto Comando do Exército foi perigoso, porque tudo o que o Exército não pode e nem tem competência para fazer é Segurança Pública como está querendo fazer no Rio de Janeiro, e principalmente lograr a fazer política, pois ao Exército cabe a defesa da nação e a grupos componentes da sociedade civil cabe governar.

Governar é coisa séria, mesmo sabendo que Michel Temer e sua organização estranha que assaltou o poder pautado nas regras e nos rigores cegos constitucionais, representam uma espécie de distúrbio da libido política desse país. É hora de pensar e não de criar mais crise!

 

Por Genaldo de Melo

Dep. Pedro Tavares quer criar Campanha do Estudante Consciente.

​​
Para que sejam desenvolvidos projetos que chamem a atenção dos alunos para temas que estão em discussão e afetam o ambiente e as relações escolares, o peemedebista Pedro Tavares apresentou projeto de lei que cria a Campanha do Estudante Consciente.
 
A proposta é que sejam discutidos nas escolas temas como drogas ilícitas e lícitas; pedofilia; bullying; racismo; atos de vandalismo; ‘rolezinhos’ e a necessidade de inclusão de alunos com deficiência. Na opinião do deputado, a educação “sempre serviu para tornar os jovens mais conhecedores de si mesmos.Educar é estimular os jovens a avaliar com consciência os valores pelos quais a humanidade se rege e prestar-lhes a sua adesão, procurando crer neles e seguindo-os o mais fielmente possível”.
 
Tavares considera que há necessidade “de ter jovens informados e conscientes acerca dos mais diversos temas que envolvem a sociedade”, mas “infelizmente são cada vez mais recorrentes nos noticiários os relatos de violência e intolerância no âmbito escolar. Em que pese o fato de muitas unidades e diretorias de ensino estarem atentas aos problemas em suas regiões, propondo debates, palestras e outras ações, é essencial que essa visão seja propagada em toda rede estadual de ensino”.
 
O objetivo da campanha, “portanto é sistematizar este tipo de ação, levando todas as diretorias de ensino, em parceria com as escolas de sua região,a atuarem de forma eficaz, combatendo os problemas em andamento e, principalmente evitando a ocorrência de novos”.
 
É na escola, entende Tavares, “que as coisas da maior importância em nossas vidas acontecem. Inevitavelmente, ela deixa de ser apenas um campo de troca de conhecimentos e adentra a uma esfera emocional e social, onde permeiam outros tipos de trocas, principalmente as afetivas”. E na escola “todos devem ser acolhidos e se sentirem confortáveis e aceitos, respeitando-se, primordialmente, as diferenças. Desse modo, campanhas de conscientização possibilitarão que os conceitos de cidadania sejam disseminados e aplicados no cotidiano pelos alunos”.

Publicidade: Vatapá da Bel

Olá amigos!

Quem conhece o vatapá feito por professora Vera sabe quanto amor e paixão é sentido através do sabor😋😋… Então não perca essa oportunidade e adquira já seu bilhete para o “Vatapá da Bel”. Estaremos realizando também pronta entrega.
Números para contato:

(74)9 9969-7345

(74)9 99732-911

(74)9 9900-5645

(74)9 9906-9550

Via Lucas Souza publicidade

Acusado de homicídio, homem natural de América Dourada é preso pela Polícia Civil.

A Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães, Divisão de Homicídios, elucidou o crime de homicídio consumado que vitimou Sandro Ribeiro dos Santos, delito este ocorrido no último dia 07/09/2017, por volta das 03h, nas proximidades da Rodoviária local.
Logo no início das investigações, os Investigadores de Polícia chegaram até o indivíduo de alcunha “Neguinho da Faca”, apontado por elementos de prova como sendo o principal suspeito de ter ceifado da vida da vítima Sandro, levando o Delegado de Polícia, Dr. Joaquim Rodrigues a protocolar representação policial postulando pela prisão temporária de “Neguinho da Faca”.
Foram várias diligências nos possíveis locais onde “Neguinho da Faca”, morador de rua e usuário de crack, costumava frequentar, até que o mesmo foi localizado no bairro Santa Cruz e conduzido à Delegacia de Polícia para ser qualificado e interrogado, oportunidade na qual confessou ter desferido dois golpes de faca na vítima Sandro, após este se negar a lhe dar a quantia de R$ 10,00 (dez reais), quantia esta que segundo o próprio “Neguinho da Faca”, seria usada para comprar droga do tipo crack, da qual é usuário há cerca de quatro anos.
Após qualificação, constatou-se que “Neguinho da Faca” trata-se da pessoa de nome Edinon Guedes da Silva, natural de América Dourada, região de Irecê, 39 anos de idade, com diversas passagens policiais em razão da prática dos crimes de furto, roubo, tentativa de homicídio e violência doméstica, delitos estes praticados em diversos Estados, tais como Bahia, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso
  Polícia Civil

Brasil caminha no lamaçal da ladroagem.

 

Crédito de imagem: blogdocaminhoneiro
Brasil está atolado em lamaçal da ladroagem em todos os níveis de governo. Não há dia que não tenha notícia sobre operação da Polícia Federal pelas ruas. Se antes as operações se referiam ao combate de tráfico de drogas, hoje, as operações se referem a alguma ladroagem nos cofres públicos. Ainda assim, o povo enfrenta a situação com bravura como caminhoneiro enfrenta as estradas mal conservadas nos rincões do País.
Ontem, o plenário do STF decidiu por unanimidade, encaminhar para Câmara dos Deputados o processo de “formação de quadrilha” do presidente da República Michel Temer, para que ela decida sobre o prosseguimento ou não. Se isto tivesse acontecendo em qualquer país “sério” do mundo, o povo já teria exigido a renúncia ou afastamento voluntário do presidente da República. Como o Brasil não é um país sério, o presidente Temer continua no cargo. É provável que a Câmara dos Deputados rejeite o prosseguimento da investigação pelo STF, até 31 de dezembro de 2018, data em que termina o foro privilegiado do Michel Temer.
A presidente antecessor, eleita na mesma chapa do atual, Dilma Rousseff, foi afastada do cargo de presidente da República sobre prática de crime de “responsabilidade”. A Dilma está ainda sendo investigado pelo favorecimento de R$ 300 milhões da Odebrecht, dinheiro oriundo de forma ilícita auferido nas obras da Petrobras. A Dilma está responde, também, pelo processo de compra da Refinaria de Pasadena nos Estados Unidos, que deu prejuízo à Petrobras em cerca de US$ 900 milhões.
Presidente Temer argumenta que ele foi responsável de ter tirado o País da irresponsabilidade fiscal. Acusa a presidente Dilma de ter lhe passado a “herança maldita”. No entanto, ao contrário do que Temer faz o povo acreditar, continua com a “irresponsabilidade fiscal”, com rombos iguais aos do governo Dilma. O governo Temer, para continuar produzindo os sucessivos “rombos fiscais” promoveu a Emenda Constitucional denominado de “teto dos gastos” pra o “povo otário” acreditar que existe responsabilidade fiscal. Ao contrário, o governo Temer continua a produzir os “rombos fiscais” tão elevado quando ao da Dilma. Fechou o exercício de 2016 com o “rombo fiscal” de R$ 179 bilhões. No exercício em curso, o “rombo fiscal” foi alterado para R$ 159 bilhões. O próximo exercício, o de 2018, está previsto na LDO, o “rombo fiscal” de R$ 159 bilhões. Se isto é cumprimento de “responsabilidade fiscal”, não sei mais o que é uma boa administração pública.
O Brasil está atolado em “lamaçal” que envolve a administração pública, não só pela incompetência, mas sobretudo pelas “ladroagens” praticadas nos cofres públicos. E tem gente que aplaude o governo Temer. Certamente, quem o aplaude é algum beneficiário de “benesses” do dinheiro público, o nosso dinheiro. Estas pessoas ou empresas são tão nocivas quanto o governo corrupto.
Ainda assim, o povo brasileiro não se entrega, vai levando a economia do País aos “trancos e barrancos” nas suas costas, enfrentando toda sorte de incertezas políticas. O povo desistiu do “governo Temer”. Certamente, um certo otimismo “paira no ar” por conta da proximidade do “fim” dos sucessivos governos corruptos. O dia da despedida será no dia 31 de dezembro de 2018.
Juntos, somos a força da mudança!
Ossami Sakamori

Publicidade: #Açaideira 

 

venha experimentar o melhor açaí!!!

Seu ponto de encontro tem endereço marcado!#Açaideira 🍒 🍒 🍒
O lugar certo para você e sua família!
Agora sob nova direção!
Venha agora mesmo experimentar o melhor açaí da Região!
Atendimento e qualidade, tudo em um só lugar.

Cardápio diferenciado.

TEMOS NOVIDADES VENHA CONFERIR!!
TEMOS ESFIHA ABERTA E CALDOS.
AÇAIDERA!!!🍒

O seu ponto de encontro!

Horário de funcionamento das 13:00hs as 22:00hs

Quarta – ferira das 13:00hs as 19:00

END: PRAÇA JOÃO DOURDO
TELEFONE: (74)99913-5476
JOÃO DOURADO-BA.

VIA LUCAS SOUZA PUBLICIDADE

Via Lucas Souza Publicidade